Implante Dentário – Cirurgia mal feita

Implante Dentário – Cirurgia mal feita
Rate this post
implante zigomaticoOs nossos dentes fazem parte do nosso cartão de visitas, e muitos acham que uma simples cárie não pode causar muito transtorno e nem se tornar algo mais grave. O fato é que se um problema bucal não for cuidado à tempo, poderá levar a infecção e outros transtornos, como a causa do dente. Além disso, outros motivos também podem levar a perca do dente, como no caso de traumas, acidentes, entre outros.
Hoje em dia é possível ter seu dente de volta através de implante dentário, uma intervenção cirúrgica que visa, através da cirurgia, a colocação de um parafuso de titânio e posteriormente uma prótese no lugar do dente que foi perdido. Mesmo se tratando de uma cirurgia pequena, realizada a nível ambulatorial mesmo, ou seja, no próprio consultório, é algo que precisa de extremo cuidado e atenção, para que tudo saia programado, e que o Implante Dentário não seja fruto de uma Cirurgia mal feita.
Antes de realizar qualquer cirurgia, é preciso que haja planejamento, dentro disso, modelos de estudo, guia tomográfico, tomografia, guia cirúrgico, orientações, preparo de material, dentre tantas outras coisas. Tudo isso são medidas ideais para que uma cirurgia seja bem sucedida. Mesmo assim ocorrem imprevistos, e é preciso saber lidar com eles. Mesmo que seja uma cirurgia de pequeno porte, qualquer intercorrência poderá colocar o tratamento em risco , causando transtorno para os dois lados, do paciente e do profissional.

Implante Dentário – Cirurgia mal feita

implanteNão é uma situação muito comum de se acontecer, mas pode acontecer. Quando algo é mal feito, principalmente em uma cirurgia de implante dentário, o normal seria o implante ser colocado definitivamente e não ser mais mexido, para evitar novas complicações.

Primeiramente, é imensamente importante que o profissional reconheça que o implante não foi colocado de maneira adequada, ou na posição adequada, o que são as causas mais comuns de uma cirurgia mal feita. É preciso que o dentista esteja bem comprometido com o bem estar do seu paciente para reconhecer seu erro e conserta-lo.
Cada caso de cada paciente que define a dificuldade que será fazer a cirurgia. Muitas vezes o espaço não é adequado para a realização, a pouca abertura da boca, dentes mal posicionados, língua grande com hipermobilidade e outros fatores mais que dificultam a realização da cirurgia. Quando se tem uma cirurgia que foi mal feita, normalmente o doutor faz ajustes para daqui no mínimo 3 meses saber quais serão os resultados e possivelmente efetuar uma nova cirurgia.
Por isso, procure um profissional capacitado para não ter maiores problemas e evitar que uma cirurgia seja mal feita. Mesmo que o profissional seja capacitado o suficiente para reconhecer um erro, é preciso se precaver e se prevenir, evitando que dores de cabeça maiores aconteçam. Converse com seus familiares e amigos para contratar um profissional competente e capaz de realizar uma cirurgia bem feita.

Deixe um comentário!

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*